FANDOM



Arte de divindade, gênio sobrecarregado, dição alienígena: a perdição da humanidade, o lamento do coração. Um laço cingido da fortuna, seu núcleo testado em tragédia, cinzelado para a perfeição. Fortuna, Ó majestade sempre tão inconstante: você toma para si o que uma vez já foi dado. Cega é a Fortuna, ainda cegos, também, são aqueles que buscam refúgio em sua luz. As algemas da razão não lhe prende: mate, ás vezes, sua sede com pérolas tolas. Maravilhe e beba e se diverta na vida, pois Hades não tem nenhum circo para os caídos! Atziluth: Vive Memor Mortis - Acta Est Fabula!
Mercurius, ativando a sua Atziluth

Resumo

Mercurius é um antigo Deus Hadou, que viveu por incontáveis anos e linhas temporais. Ele é obcecado com Marie e com a busca pelo desconhecido, e ele não vai estar satisfeito com a morte até ele encontrá-la nos braços de Marie ou nas mãos de um fator além de seu conhecimento. Para este fim, ele serve como o melhor amigo e conselheiro para seu Apoptosis, Reinhard Heydrich, sob o pseudônimo "Karl Krafft".

Mentalidade

Personalidade:

Inteligência: Pseuda-Onisciência. Mercurius, além de ser um mestre alquimista e mago, sendo o criador da fórmula mágica Die Ewikgeit, sendo o homem que tornou a LDO no que ela é hoje, é o homem que resetou o universo decilhões de vezes, vendo todas as probabilidades, variedades, resultados, coisas e tudo afim. Sua quase-onisciência é tamanha que ele, junto com Reinhard, buscou causar o apocalipse simplesmente para ver algo cujo desfecho ele não poderia prever, para poder se surpreender. Ainda assim, Mercurius não é inerentemente onisciente, visto que foi surpreendido por Ren escolher por Rea na Rota Rea, e pelo fato de que não previu o surgimento de Hajun.

Ficha de Combate

Dimensionalidade: 3D | N.A.

Status Existencial: Concreto, Espiritual | Transcendente (Como Deus Hadou, irá eventualmente consumir toda a criação, e mesmo lugares cujas leis apenas existem, mas não tem funções ou objetividade, acabam por serem engolidas, como a Singularidade).

Ataque: Constelação (Foi diretamente constatado como sendo o único durante o tempo de Dies Irae a ser comparável com Reinhard; Comparável com a sua durabilidade) | Infinita (É um Deus de 80/90 Taikyoku. Soujirou Mibu é um Deus Gudou de 60 Taikyoku, poderia cortar o trono em si, caso Hajun não estivesse nele. O trono de Hajun é dito ser um universo que contém infinitos outros universos, e a colisão de dois Deuses Hadou, já destruiu o trono durante o quarto céu que foi dito ter o maior território maior até que o de Hajun.)

Defesa: Constelação (Ignorou um golpe da Longinuslanze Testament de Reinhard próximo do seu ápice) | Infinito (Pode lutar de frente contra Reinhard Heydrich, cuja luta destruiu até mesmo o trono; Em outra rota, com uma evolução mais forte, conseguiu se manter igual contra o mesmo Reinhard Heydrich e Ren Fuji, combatendo 2 Deuses Hadou simultaneamente em uma batalha caótica.)

Velocidade: Mais rápido que a luz (No mínimo 7.33c; Comparável a Reinhard) | N.A, Onipresente em seu próprio território (Os Deuses Hadou são sua própria Lei, e por possuírem Taikyoku, sua Lei é uma espécie de "universo" em constante expansão, que não para até ter englobado tudo que existe. Deuses Hadou podem sentir todos os movimentos e ações de quem estiver dentro de seu território, como se estivessem andando dentro de seu próprio corpo).

Força: Desconhecida | N.A (O conceito de massa e força se torna inexistente perante o uso de taikyoku e Deuses Hadou.)

Vigor: Ilimitado (Seu poder provém do seu "eu" verdadeiro) | N.A (Deuses não possuem mais estamina, suas lutas podem perpétuar por toda eternidade desde que estejam empatados, ou que não exista uma disparidade nas diferenças entre as leis, sejam elas gudou ou hadou.)

Alcance: Desconhecido | Ilimitado (Sua lei se expande para alcançar alturas inimagináveis, sem a existência do trono para focalizar e conter a Lei do Deus Hadou, ele consumirá toda criação, não se limitando a absolutamente nada e indo infinitamente além.)

Fraquezas Físicas: Não possui

Fraquezas Psicológicas: Obcecado com Marie, e fará de tudo para ficar junto com ela.

Variações: Sensor | Forma Verdadeira

Poderes e Habilidades

Super Força, Resistência, Velocidade e Agilidade, Imortalidade (Tipo 2), Telepatia, Viagem Interdimensional, Magia, Intangibilidade (Tipo 1), Manipulação da Alma, Manipulação Dimensional, Manipulação dos Sonhos e Manipulação da Matéria, Imunidade a Manipulação da Alma (Habilidade exclusiva desta forma, visto que os Sensores de Mercurius não possuem alma, embora o Mercurius real tenha), Resistência a Magia, a Manipulação Mental, Temporal, Espacial e Conceitual, ignorar durabilidade, força de vontade incrível | Todos os poderes anteriores - exceto a imunidade a manipulação da alma, sendo substituída por resistência - com a adição de Imortalidade (Tipos 2, 9, 11), Intangibilidade (Tipos 2 e 6), Manipulação Conceitual, Manipulação da Nulidade, Manipulação Temporal, Manipulação Espacial, Manipulação da Causalidade, Manipulação Gravitacional, Manipulação dos Paradoxos, Manipulação Cósmica, Manipulação Estelar, Manipulação da Informação e Manipulação da Probabilidade, Criação de Buracos Negros, Danmaku, Telecinesia, Teletransporte, Criação, Quase-Onisciência, Quase-Onipresença (Onipresença real em seu território), Percepção Cósmica

Técnicas Especiais

Vive Memor Mortis - Acta Est Fabula (Viva Pensando na Morte - A Peça Acabou/Dê-Me o Desconhecido): A manifestação da Lei de Mercurius, "Para experimentar o desconhecido, morrendo nos braços de Marie. Qualquer outro fim além desse, é inaceitável". Quando sua Lei é ativada no momento de sua morte, Mercurius vai resetar tudo se ele/tudo acabar não do jeito que ele quer, mesmo em dimensões onde o tempo não existe, afetando até seres que são imunes ou até transcendem conceitos como tempo e causa-efeito. Enquanto tudo está sendo resetado, Mercurius tem a capacidade de modificar a próxima existência do jeito que quiser, embora o efeito borboleta produzido pelas suas ações estejam fora de seu controle. Todas as habilidades descritas aqui em baixo são meros efeitos colaterais:

  • Omnias Fert Aetas (O Tempo Rouba Tudo de Nós): Mercurius transforma toda a existência numa partícula elementar e a manda para o passado do oponente, causando um paradoxo e o apagando da existência.
  • Disce Libens (Aprenda Diligentemente): Mercurius condensa todas as estrelas do multiverso e hiperverso num buraco negro que destrói tudo.
  • Sequere Naturam (Você Vai Seguir a Natureza): Mercurius agrupa todas as estrelas do multiverso e hiperverso, as acumulando e comprimindo em sua mão, antes de lançá-las na forma de inúmeros projéteis minúsculos, capazes de incinerar até mesmo Deuses Hadou.
  • Dura Lex Sed Lex (A Lei é Dura mas é a Lei): Mercurius cria um grande atrator de pura singularidade que suga tudo para dentro do mesmo.
  • Aurea Mediocritas (O Significado Dourado): Mercurius alinha as estrelas na Grande Cruz, causando um surgimento de energia astrológica que pode incinerar Deuses de dentro para fora.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.