FANDOM


GeminiCain


Para proteger o amor e a justiça na Terra que tu me ensinaste... Agora vou te derrotar neste lugar!
Cain para Odysseus

Gemini Abel


Qualquer pessoa que possa comprometer as minhas ambições deve morrer. É por isso que eu vou te matar!
Abel para Ikki

Cain and Abel
Saga de Gêmeos... O homem que tentou matar Athena por causa de sua dupla personalidade. Hunf. Mas os sofrimentos deste Saga... São de longe melhores que os meus. Por que? Porque Abel e eu... Nascemos neste mundo por uma brincadeira dos deuses!
Cain para si mesmo


  • Nota
    O mangá de Saint Seiya Next Dimension ainda está sendo publicado, então, ainda podem ter adições nas informações do personagem ao longo do tempo.

Características Pessoais

Nome: Cain de Gêmeos / Abel de Gêmeos

Títulos: O homem mais forte

Idade: Desconhecido

Sexo: Masculino

Espécie: Humano

Classificações: Cavaleiro de Ouro de Gêmeos, Cavaleiro de Athena

Obra: Saint Seiya

Altura: Desconhecido

Peso: Desconhecido

Aliados: Athena e seus cavaleiros (Enquanto Cain), Hades e seus espectros (Enquanto Abel)

Inimigos: Athena e seus cavaleiros (Enquanto Abel), Hades e seus espectros (Enquanto Cain)

Descrição: Cain e Abel de Gêmeos (双子座のカインとアベル, Jemini no Cain to Aberu?) foram dois Cavaleiros de Ouro que serviam o Santuário de Athena durante a Guerra Santa contra Hades no século XVIII. Ambos eram antagonistas um do outro e referiam-se quando um não esta presente como uma mera "sombra", sendo Cain a "Luz e Justiça" encarnada por sua lealdade a Athena, enquanto Abel as "Trevas e a Discórdia" por ser leal a Hades e querer ver o mundo sucumbir ao Caos. Todavia, apesar de serem tidos pelos demais como duas pessoas diferentes, na realidade, eles são duas mentalidades que se enfrentavam constantemente a fim de obterem autonomia total de sua existência. Por ter nascido sob a luz da Constelação de Gêmeos, quando Cain ainda era um recém nascido, devido a sobrevivência de todas suas células cerebrais desde a gestação, seu cérebro inconscientemente desenvolvera uma segunda mente consciente de sua existência parasita, levando a criação de Abel. Conforme foram crescendo com Cain acreditando que detinha um "irmão gêmeo menor", Abel, sabendo que o corpo que habitava futuramente iria destruí-lo e temendo seu malfadado destino, tomou uma forte identidade totalmente oposta a de seu "irmão mais velho" para sobreviver e obter o controle do corpo dele. Dessa forma, quando Cain estava dominante, ele seria conhecido pelas pessoas por ser benevolente e gentil, já Abel ao se manifestar, seria conhecido por seus atos malévolos e infâmia de causar discórdia entre as pessoas.

Sobre

Devido a condição que acomete aqueles que nascem sobre a Constelação de Gêmeos, Cain e Abel possuem duas mentalidades opositoras que estão constantemente em disputa pelo controle permanente sobre suas existências, entretanto, diferente dos demais Cavaleiros de Gêmeos conhecidos que possuem transtorno dissociativo de identidade, com eles ocorre algo totalmente diferente. Originalmente, Cain acreditava que sua situação se devia ao Destino de Gêmeos especial que o aflige com Abel desde que nasceram devido o resultado de uma "brincadeira" dos Deuses que fez com que a maldição vá além de um duplo simples que existe em sua constelação, sendo cada um com seu próprio corpo e sua própria mente, mas que não poderiam coexistir no mesmo espaço ou ao mesmo tempo, os que o torna únicos em comparação com seus outros antecessores ou sucessores. No entanto, isso seria mais tarde provado ser falso por Odysseus de Serpentário, que revelara que eles que nasceram sob a luz de Gêmeos possuiam na realidade um excesso de células cerebrais produzidas durante a gestação, resultando essencialmente na formação de uma mentalidade a mais no mesmo corpo que cria uma identidade totalmente oposta a original a fim evitar ser removida do corpo.

Mentalidade

Personalidade: Cain, a Luz e Justiça: É o verdadeiro Cavaleiro de Gêmeos, sendo a persona tida como a fonte de sua bondade e justiça. Desde pequeno, Cain é descrito como um homem de imensa força de vontade, honesto, humilde, benevolente, compassível, misericordioso e com um forte senso de justiça, além de um grande amor por Athena e seus ideais, o que em última análise, o tornam um candidato muito sucessivo ao cargo de Grande Mestre. Todavia, apesar de seu imenso poder e status, Cain não gosta de violência ou lutar desnecessariamente, a não ser por uma causa justa ou se seu adversário ameaçasse a vida de Athena, onde ele não medirá esforços ou se conterá para detê-lo. Ele também fora bastante atencioso e inteligente, facilmente conseguindo gerar empatia com os mais jovens e até mesmo contra seus inimigos, sendo que Cain também detinha uma forte intuição que faz revelar os pensamentos e intenções de seus oponentes. Na verdade, sempre ante uma batalha, ele via o confronto principalmente para descobrir as motivações de seu adversário, visando a aprofundar e entender o porquê de suas ações. Ele também revela tristeza em sua face sempre que fala de sua situação perante a Maldição de Gêmeos.

Neste quesito, embora detivesse um relacionamento difícil com seu "irmão gêmeo" a ponto de frequentemente se enfrentarem, Cain não odiava Abel e até se preocupava com ele, dado que detinha pena de sua situação como a "existência maligna de Gêmeos". Na realidade, mesmo depois de descobrir sobre a real natureza parasita de Abel e voltar a ter o controle total de sua existência com a ajuda de Odysseus, Cain decidiu seguir a última vontade de seu "irmão" e se opôs ao Cavaleiro de Serpentário apesar de se sentir em débito com o mesmo por ajudá-lo inúmeras vezes no passado, se recusando por sua vez a servi-lo e tentou impedi-lo de passar pela Casa de Gêmeos.

Abel, as Trevas e a Discórdia: É a persona tida como o mal e a discórdia, sendo na verdade a segunda mente produzida pelo excesso de células cerebrais em Cain. Em essência, Abel é totalmente o oposto de Cain, sendo por si só, um homem totalmente malévolo, imponente, perigoso, cruel, desprovido de qualquer senso de justiça e um conspirador que só busca engrandecer a si mesmo e seus objetivos, tanto que ele fora capaz de trair Athena e sua causa a favor de Hades e seu exercito apenas para ver as trevas e o caos consumir as pessoas e o mundo bem como apoderar-se do Santuário, mostrando assim um lado sádico. Na verdade, embora ele procure uma aliança com aqueles que têm interesses comuns, Abel não hesita em matá-los se interferirem com seus planos. De acordo com seu "irmão mais velho", Abel sempre se manifesta nos momentos críticos para "fazer o mal". Ele também é muito ardiloso, enganador, astuto e imoral, não hesitando em ferir seus adversários e se vangloriar de seu imenso poder ser superior aos deles em batalha. Como seu "irmão", Abel também detinha uma forte intuição que faz revelar os pensamentos e intenções de seus oponentes, só que diferente de Cain, ele usaria seu poder para controlar a mente de suas vitimas a fim de que cometessem crimes brutais a fim de corrompê-las.

Porquê ele é um produto da Maldição de Gêmeos, Abel adorava sua existência conflitante com Cain, frequentemente discutindo ou o enfrentando quando brevemente se reuniam no mesmo lugar. Porém, houve momentos em que o "gêmeo menor" mostrou ter grande apreciação por seu "irmão" acima de si mesmo, mostrando que ele se preocupava mais com a vida de Cain do que com a dele. Na realidade, quando sua verdadeira natureza parasita é mostrada por Odysseus, é revelado que Abel não era totalmente malévolo e apenas agia opostamente a mentalidade de seu "irmão mais velho" por temer ser removido do corpo dele devido à sua forte identidade. Uma vez que sua "existência ilusória" começa a ser apagada por Odysseus, Abel começou a chorar arrependido de seus atos malévolos e implorou para Cain que protegesse Athena, pois com seu desaparecimento, Gêmeos seria totalmente um ser de justiça.

Moral: Bondoso Ordeiro (Cain de Gêmeos), Maligno Caótico (Abel de Gêmeos (antes de ter sua existência apagada por Odysseus de Serpentário)).

Preferência Sexual: Heterossexual

Objetivos: Proteger Athena (Cain de Gêmeos), Dominar a terra, ver as trevas e o caos consumir as pessoas e o mundo e tomar o lugar de Athena (Abel de Gêmeos (antes de ter sua existência pagada por Odysseus de Serpentário).

Gostos: Cain gosta de evitar lutas desnecessarias e de praticar o bem, já Abel era o seu oposto e gostava de fazer o mau.

Inteligência: Muito Alta (Ambos)

Ficha de Combate

Dimensionalidade: 3D

Status Existencial: Concreto

Ataque: Supernova (A Explosão Galáctica de Cain gera uma força suficientemente forte para igualar-se ao interior de uma supernova, de forma que, se o impacto acertar o alvo, irá pulverizá-lo por completo como visto acontecer com Odysseus de Serpentário.)

Defesa: Supernova (Escala com o ataque. Ataques de Suikyo de Garuda e Ikki de Fênix foram totalmente ineficazes)

Velocidade: Velocidade da Luz (Os cavaleiros de Ouro se movem nesta velocidade)

Força: Desconhecido

Vigor: Muito Alto (Cavaleiros de Ouro podem lutar durante mil dias).

Alcance: Vários Anos-Luz (Com a Explosão Galáctica), Imensurável (Com a Outra Dimensão ele pode dobrar o espaço e tempo e ir pra outras dimensões)

Fraquezas Físicas: Desconhecido (Nem Cain ou Abel demonstraram fraqueza física)

Fraquezas Psicológicas: Durante boa parte de Saint Seiya Next Dimension devido a sua troca de existência, Cain e Abel podem acabar entrando em um conflito moral em combate e ficando expostos. Após Odysseus remover a existência de Abel, Cain perdeu essa fraqueza.

Variações: Cain de Gêmeos ou Abel de Gêmeos | Cain de Gêmeos

Poderes

Características Físicas Sobre-Humanas, Projeção e Manipulação de Cosmo (cosmo é a energia primordial que flui por todos os humanos), Destruição AtômicaSensor de Energia, Telepatia, Telecinese, Manipulação do Espaço-Tempo, Remoção de Campo de Batalha, Controle MentalIlusionismo, Clonagem, Pode anular habilidades, Redirecionamento de Energia, Transmutação, Viagem Dimensional.

Parafernália

  • Armadura de Ouro de Gêmeos: A Armadura de Gêmeos, é uma das 13 Armaduras de Ouro do exército de Athena.
39 35 36

Técnicas Especiais

  • Explosão Galáctica: Técnica suprema dos Cavaleiros de Gêmeos. O golpe utiliza uma grande quantidade de cosmo para criar uma explosão devastadora, o nome tendo surgido como um símbolo do impacto avassalador causado pelo ataque. Queimando sua cosmo-energia intensamente, Cain lança no alvo uma poderosa onda de choque explosiva, que assume a forma de diversos planetas. Quando a onda está prestes a explodir, os planetas se chocam violentamente, gerando uma força suficientemente forte para igualar-se ao interior de uma supernova, de forma que, se o impacto inicial acertar o alvo, irá pulverizá-lo por completo. Se a técnica errar o alvo, ou se for defendida ou má executada, as crescentes ondas de choque menores ainda possuem uma letalidade muito avançada. Segundo Ikki de Fênix, a versão de Cain é ainda muito mais poderosa e superior que a de Saga. Em sua máxima potência, ele fez todo o Santuário de Athena sacudir e ainda destruiu quase completamente o corpo de Odysseus protegido pela Armadura de Ouro de Serpentário.
601320 417753441637069 1981307831 n

Cain Outra Dimensao

1173688 583043781757808 1552271372 n

  • Outra Dimensão: Cain (ou Abel) concentra o seu cosmo e, em seguida, cria um poderoso relâmpago que rasga o espaço-tempo, gerando uma espécie de buraco negro no espaço. O oponente é tragado para dentro desse buraco, vindo a parar em uma outra dimensão, onde vagará eternamente sem destino. A vítima vagará no espaço infinito como se fosse uma nave espacial fora de órbita.

  • Satã Imperial: Cain (ou Abel) lança um golpe ilusório, que deixa a mente do alvo sob seu domínio, tornando-se uma marionete violenta do usuário do golpe, sendo forçado a cumprir qualquer ordem dada. O efeito da técnica só é anulado quando alguém morre diante dos olhos daquele que foi atingido.
Genrou Maou Ken ND 12

  • Labirinto de Gêmeos: Considerada a ilusão mais complexa dos Cavaleiros de Gêmeos, o usuário converte a Casa de Gêmeos em um enorme labirinto virtual através do qual intrusos que tentam atravessá-lo acabaram vagando por toda a eternidade.
Cain Abel Labirinto de Gemeos

Feitos e Capacidades

Cain e Abel foram vistos como os mais poderosos Cavaleiros de Athena do Século XVIII após morte de Odysseus. O próprio depois de ressurgir como décimo terceiro Cavaleiro de Ouro saudou Cain também como o mais forte entre os Cavaleiros de Ouro de sua geração, embora ainda não fosse capaz de dete-lô. Ikki de Fênix também louvou Cain como, provavelmente, o mais forte Geminiano que já surgiu desde os tempos mitológicos. Mesmo Suikyo de Garuda, ressurgido como um dos Três Juízes do Inferno, ao enfrentá-los, ficou abismado pelas proezas de ambos e admitiu abertamente sua inferioridade diante da força deles, notando também que Cain é mais poderoso do que Abel. Posteriormente, isso é provado ser real, como no confronto de ambos contra Odysseus, enquanto Abel fora facilmente morto pelo Cavaleiro de Serpentário renascido, Cain ainda fora capaz de impor algum desafio ao adversário, conseguindo até destruir quase completamente seu corpo. De fato, Odysseus declarou que Cain poderia tê-lo vencido caso ele não tivesse seus poderes médicos.

  • Resistência e Aptidão Física: Tanto Cain quanto Abel demonstraram uma incrível durabilidade e resistência em combate, como nenhuma das técnicas de seus adversários sequer os arranharam ou mesmo foram capaz de movê-los do lugar. Na verdade, ambos eram capazes de anular os golpes de seus inimigos com apenas uma mão ou até mesmo desviar de qualquer tipo de ataque físico. Suas velocidades também foram ditas por Ikki serem ainda maiores que a de seus sucessores, podendo atacar seus adversários milhares de vezes antes que sequer notassem sua movimentação. Em particular, a tenacidade e agilidade de Cain foram maiores que a de Abel, pois enquanto o mesmo sucumbiu a apoptose de Odysseus facilmente e sem conseguir reagir, Cain fora capaz de destruir o corpo de Odysseus que declarou que Cain poderia tê-lo vencido caso ele não tivesse seus poderes médicos.
  • Domínio do Cosmo: Sendo Cavaleiros de Athena, Cain e Abel utilizam o cosmo como sua fonte de energia e por serem da patente de Ouro, eles tem um controle ainda mais refinado que os demais. Seus cosmos em particular eram poderosos o suficiente para repelir seus adversários quando atacavam fisicamente e até mesmo poderiam anular técnicas cósmicas inferiores, agindo como uma barreira protetora natural. O cosmo de Cain também era intenso o suficiente para ferir e queimar Ikki.
    • Devido a sua "dupla existência" especial, ele possuía um cosmo duplo, já que conseguiu se recuperar de pequenos ferimentos ou cansaço da batalha ao alterar sua existência e por sua vez seus cosmos. Após o apagamento de Abel de seu corpo, Cain perdera essa capacidade.
  • Domínio do Sétimo Sentido: Como Cavaleiros de Ouro, Cain e Abel tem o completo controle sobre o Sétimo Sentido, podendo desferir golpes na velocidade da luz e permanecer consciente mesmo se por acaso vier a perder os outros seis sentidos.
  • Controle do Espaço-Tempo: Tal qual manda a tradição dentre os Cavaleiros de Gêmeos, Cain e Abel são capazes de manipular o espaço-tempo, lançando seus adversários através de fendas dimensionais para onde eles quiserem. Entretanto, eles não são capazes de fazerem isso caso sejam envolvidos por uma zona de distorção temporal.
  • Estilo de Luta: Cain e Abel utilizam investidas poderosas e rápidas por se mover na velocidade da luz, além de possuir maestria na manipulação do Cosmo, podendo também lançar rajadas de energia, criar distorções temporais e abrir portais para Outra Dimensão, bem como também usar ilusões para manipular e enganar seus oponentes dentro da Casa de Gêmeos.

Notas

Abel de Gemeos por Yukimasa Shijoh

Esboço da arte conceitual de Abel.

  1. O esboço de Abel foi revelado por Yukimasa Shijoh, animador veterano que já trabalhou em alguns projetos da Toei Animation.
  2. Na Bíblia, Cain era o irmão mau e Abel era o irmão bom, porém na versão de Kurumada, os papéis deles foram invertidos.
  3. Tecnicamente, Abel fora o primeiro Cavaleiro de Ouro do século XVIII a realmente morrer em batalha durante a Guerra Santa.
  4. Cain e Abel são os primeiros Cavaleiros de Gêmeos que detêm cabelos curtos ao invés de longos.
  5. Dado a condição especial da Maldição de Gêmeos que os acomete, Cain é tido como o único Cavaleiro de Gêmeos primário a não se tornar um traidor. Em contrapartida, Abel é o segundo geminiano secundário a trair Athena e o Santuário.
  6. Abel em sua estreia

    Abel em sua estréia.

    Na estréia de Abel, enquanto usava seu elmo, todo seu rosto e corpo estava escurecido, como se sua armadura estivesse vazia e sendo controlada a distância. Já com Cain, a pele de seu corpo era visível. Provavelmente, este detalhe foi uma dica de Kurumada para permitir que os fãs identificassem a índole dos "gêmeos". Isso também poderia ser uma pista de que Abel nunca teve um corpo de fato.
  7. Por causa de seus problemas de identidade, Cain e Abel são os dois únicos personagens que ocupam a mesma categoria e armadura ao mesmo tempo.
  8. Apesar de ambos declararem que ninguém nunca os vê habitando o mesmo tempo-espaço devido sua maldição em particular, Ikki fora capaz de enxergar a "sombra" de Abel tentando se manifestar sobre Cain. Entretanto, dado a declaração de Odysseus sobre a real existência dos gêmeos, quando ambos interagem, é muito provável que seja uma ilusão e o que Ikki "vira" eram apenas manifestações de seus cosmos no mesmo corpo.
  9. Tanto Cain quanto Abel tinham algumas semelhanças com alguns dos demais Cavaleiros de Gêmeos:
  • Tanto eles quanto Saga detém a fama de serem os mais poderosos Cavaleiros de suas respectivas épocas, inclusive dentre os de ouro.
  • Abel é o quarto geminiano que tinha cabelos pretos, sendo os outros: Saga (Mangá), Aspros (Lost Canvas) e Paradox (Ômega) quando acometidos por suas personas malignas.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.