No centro do universo há um trono negro e ninguém, deus ou demônio, ousa se aproximar dele. Ao seu redor há companhia, servos, e uma melodia incessante pode ser ouvida, mas não por ouvidos humanos. Escoando por algo que somente podemos interpretar como flautas - e não é prudente se ocupar de desvendar que objeto disforme é aquele que produz ritmos tão desconexos - a melodia mescla-se ao destino e narra sua lei eterna, e quem pode dizer que coisas mais ela produz?

Resumo

Azathoth é o ser supremo de Contos de H. P. Lovecraft. Freqüentemente chamado de "Deus cego idiota" ou "Daemon Sultan", ele fica no centro da existência, eternamente adormecido como um bando de incontáveis deuses exteriores tocam música horrível e caótica e dançam em torno dele. Essa música é tocada na esperança de manter Azathoth dormindo, pois toda a existência não passa de sonho do monstro sem forma. Se alguma vez despertasse, não haveria mundos nem deuses, nem mais, e todos seriam novamente Azathoth.

Mentalidade

Inteligência: Onisciência

Ficha de Combate

Dimensionalidade: N.A

Status Existencial: Transcendente (Azathoth compreende uma existência além de todo tempo e espaço, pois sem ele não pode surgir espaço-tempo algum. A realidade é um mero capricho seu. Ele é o infinito, o sultão sem limites, o qual mesmo Yog-Sothoth constitui nada menos que uma parte e não o total. Ele é a eternidade, a qual está além da roda do tempo, não somente existiu como é a própria existência. Eterno sonhar e eterno despertar, nada que nasceu prevalece, exceto o que desde sempre prevaleceu. Ele é sua própria causa. O que poderia dar origem a tamanho horror e tão infinito poder? Sendo origem e causa de todas as outras coisas ele mesmo não pode ter uma e a causalidade é um joguete em suas "mãos" que ele brinca sem saber o porquê.)

Ataque: Transcendente (. É o criador, o sultão que governa tudo além dos infinitos arquétipos. Sua influência é tamanha que supera á de seus filhos, e do próprio autor. Está além dos incontáveis portões e as ondas Transfinitas de reinos, avatares e divindades. Tudo que Yog-Sothoth representa não é nada em sua perspectiva, e todos os Deuses Exteriores não são nada além de servos e bactérias em comparação á tamanho poder.)

Defesa: Transcendente ()

Velocidade: Onipresente

Força: N.A

Vigor: N.A

Alcance: N.A

Fraquezas Físicas: Não Possui.

Fraquezas Psicológicas: Não Possui.

Variações: N.A

Poderes e Habilidades

Estado Absoluto, Criação, Liberdade, Livre Potência, Transcendência, Eternidade, Infinitude, Indeterminismo, Imutabilidade, Incorporeidade, Invulnerabilidade, Perfeição, Imortalidade (Tipos 1, 2, 3, 5, 7, 8, 9, 10 e 11), Intangibilidade (Todos os tipos), Regeneração (Rank A), Oniarquia, Onipresença, Onisciência.

NOTAS

  • Para mais informações e detalhes sobre, visite este blog.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.